02 março, 2008

Os caminhos da Psicanálise


Muitas pessoas me perguntam qual a diferença entre Psicoterapias e Psicanálise. Podemos lançar mão de um antigo ditado: "Todos os caminhos levam a Roma". As Psicoterapias seriam todos os caminhos e a Psicanálise seria um deles. A Psicanálise possui um campo teórico e técnicas que lhe são próprias e que pretende levar a um processo de "re-construção" de nós mesmos, escolhendo caminhos que muitas vezes estavam fechados. Aqueles que se dispõem trilhar esse caminho o iniciam por diversos motivos: autoconhecimento, angústia, depressão, sintomas físicos dos mais diversos sem origem conhecida. Porém, mais importante de onde se parte é para onde se deseja chegar. De forma geral os sintomas, seja qual a forma que ele tome na vida de uma pessoa, são substitutos de processos inconscientes, traumas, desejos não revelados que permanecem à margem de nosso conhecimento. Quando tomamos contato com eles e os integramos de forma harmônica ao nosso psiquismo, os sintomas desaparecem. Nem sempre esse processo é prazeroso, e é verdade que muitas vezes é um processo difícil, mas que no fim é extremamente compensador.
Através de meus estudos e práxis percebo o quanto é importante se solidificar os conceitos da Psicanálise, já que ela se encontra um pouco defasada frente à sociedade contemporânea. Na medida em que seus conceitos são absorvidos pela cultura há uma necessidade de renovação, de um posicionamento frente ao homem pós-moderno, globalizado e usuário da internet. Assim como Lacan fez uma releitura conceitual, social e cultural da obra de Freud, existe nos dias atuais uma necessidade de se lançar um olhar para determinadas questões como, por exemplo, a relação da Psicanálise com outras áreas como Educação, Saúde, seu posicionamento frente à Ciência e a subjetividade e neutralidade do analista enquanto pesquisador.
Regina Fernandes

Um comentário:

Jussara Gehrke disse...

Freud deu um passo, continuando os gregos, no conhecimento do ser humano, e é necessário continuar, a vida é movimento, urge atualizar.

beijos,
Juju