29 dezembro, 2010

Simpatias e Supertições para o Ano Novo


 A meia noite de 31 de dezembro é um acontecimento mágico. Em uma fração de segundos terminamos um ano e começamos outro, por isso a maioria das pessoas gosta de acrescentar a esse momento um pouco de encantamento e energia positiva. Fazer simpatias faz parte da festa. Então escolha a sua e comece 2011 com pé direito:

- Lentilhas: uma colher de sopa é suficiente para assegurar um ano inteiro de muita fatura à mesa. A origem desta superstição é italiana e foi trazida para o Brasil pelos imigrantes.
- Romãs: para atrair dinheiro, coma sete partes, guardando as sementes na carteira.
- Uvas brancas: comer 12 uvas verdes, correspondendo a cada mês do ano, ou a quantidade correspondente ao seu número de sorte garante prosperidade e fartura de alimentos.Para garantir também dinheiro, guarde as sementes na carteira ou na bolsa, até a troca do próximo Ano-Novo.
- Calcinhas ou cuecas novas: dão sorte no amor. São recomendadas principalmente para quem está começando namoro, para garantir o futuro.
- Roupa branca: é um hábito trazido para o Brasil com a popularização das religiões africanas. O branco representa luz, pureza, bondade.
- Qualquer peça amarela: pode ser uma peça íntima, um lenço, uma faixa ou um pequeno lencinho amarelo (que deve ficar sempre na sua bolsa). O amarelo representa o poder do ouro e, dizem, atrai dinheiro.
- Uma nota de dinheiro dentro do sapato: os orientais dizem que a energia entra no nosso corpo pelos pés. O dinheiro no sapato atrai mais e mais riquezas.
- Lençóis novos: a dica é especial para recém-casados. Dizem que os lençóis novos, na primeira noite de ano, deixam as possíveis ameaças do ano passado na máquina de lavar. 
- Pular só com o pé direito: atrai boas coisas para a sua vida, pois, segundo a Bíblia, tudo que está à direita é bom.
- Dar 3 pulinhos com uma taça de champanhe na mão, sem derramar uma gota. Depois, jogar todo o champanhe para trás, de uma vez só, sem olhar. Deixa para trás tudo de ruim. Não se preocupe em molhar os outros: quem for atingido pelo champanhe terá sorte garantida o ano todo.
- Subir numa cadeira. Diz o folclore que isso dá impulso à sua vontade de subir na vida. Comece, é claro, com o pé direito.
- Fazer barulho: os povos antigos acreditavam que afugenta maus espíritos. Vale apito, batucada, bater panelas, desde que seja exatamente à meia-noite. Dizem que não há mal que resista.
 -  Não passe o Ano Novo com os bolsos vazios.
– e finalmente no dia de Reis (6 de janeiro), coloque três caroços de romã dentro da carteira, para ter dinheiro durante o Ano Novo.

Feliz Ano Novo! Saúde, paz e muitas bênçãos para todos!

28 dezembro, 2010



Muitos fatos importantes aconteceram em 2010, alguns alegres, outros tristes. Vou deixar aqui aqueles que, de alguma forma, me emocionaram e marcaram para mim o ano que termina.

- no cinema: AVATAR. O épico de ficção científica, em 3D, de James Cameron.

- a tragédia de Angra dos Reis. As fortes chuvas transformaram num cenário trágico um dos principais paraísos turísticos do Estado do Rio. O deslizamento de uma encosta atingiu uma pousada e sete casas na Ilha Grande, na baía de Angra dos Reis, matando pelo menos 19 pessoas. No continente, outras 11 pessoas morreram em outro desmoronamento de terra, no Morro da Carioca, no centro histórico da cidade, totalizando em pelo menos 30 o número de vítimas fatais da tragédia.

- Também no Haiti estampou-se uma das maiores tragédias que as Américas já viram, ao todo, mais de 300 mil pessoas morreram. Na Ásia, enchentes históricas na China, Índia e Paquistão deixaram milhões de pessoas sem água, comida e moradia.

- a morte do escritor português, José Saramago, aos 87 anos .

- caos aéreo: o vulcão Eyjafjallajökull, situado sob a geleira Eyjafjälla, entrou em erupção no dia 20 de março, no sudoeste da Islândia, e a nuvem de cinzas que provocou semeou o caos entre as companhias aéreas europeias, que tiveram que deixar de operar boa parte dos seus voos.

- em abril uma explosão na plataforma petrolífera DeepWater Horizon, no Golfo do México, despejou milhares de barris de petróleo no mar sem parar durante cerca de três meses. O impacto no ecossistema local foi devastadora mancha de óleo criada pelo vazamento de petróleo no Golfo do México.

- A Copa do Mundo FIFA, na África do Sul foi palco de momentos históricos e de belas imagens. Dessa vez os grandes times favoritos como Brasil, Inglaterra, Italia, França, e Argentina fracassaram e a Espanha se consagra campeã mundial.

- em agosto, o desabamento da mina de San Rosé, no Chile, onde 33 homens ficaram presos por mais de 2 meses em um refúgio a quase 700 metros de profundidade e o resgate de todos, emocionando o mundo. 

- em 9 de outubro, John Lennon completaria 70 anos. Foi uma série de homenagens feitas por fãs em todo o mundo. Em Liverpool, cidade natal do músico, o destaque ficou por conta de um monumento inaugurado pela primeira mulher do cantor, Cynthia, e o filho do casal, Julian. Na Islândia, sua última companheira, Yoko Ono, acendeu a torre "Imagine Peace", memorial que ela dedicou a Lennon.

- ainda na parte artística, artistas do mundo inteiro desembarcaram no Brasil, montaram seus palcos e tocaram seus maiores sucessos em estádios lotados e casas de show. Aqui estiveram Metallica, Rush, Aerosmith, Guns N’s Roses, Bon Jovi, Beyoncé e muitos outros. Para fechar com chave de ouro Paul McCartney levou fãs ao delírio com shows em Porto Alegre e São Paulo.

- No Rio de Janeiro a vitória da polícia na guerra urbana com a tomada do Morro do Alemão.

-  na política o Brasil elege Dilma Rousseff, a primeira mulher presidente.

-  e no mundo fashion um rápido olhar nos mostra as tendências deste ano que termina: um retorno às décadas do século 20 como o estilo militar, as saias mais godês, peças que imitam lingerie, rendas e transparências e também o estilo contrário, o despojado punk rock. Os tons com cores desde os claros como o nude até uma explosão divertida, tendo o coral como carro chefe. Na maquiagem, valeu para todos os gostos: da cara limpa à boca e olhos bem marcados.

21 dezembro, 2010

 Quisera
 Senhor, 
neste   Natal
armar  uma ár- 
vore   dentro   do 
meu  coração e  nela 
pendurar,   em   vez  de 
presentes,  os  nomes  de 
todos  os meus  amigos!  Os 
amigos de longe e de perto. Os 
antigos e os mais recentes. Os que 
 vejo cada dia e os que raramente encon- 
tro.Os sempre lembrados e os que, às vezes, 
ficam esquecidos.Os  constantes  e os  intermi- 
tentes.Os das horas difíceis e os das horas alegres. 
Os que, sem querer, eu magoei ou, sem querer,me ma- 
goaram.Aqueles a quem conheço profundamente e aqueles 
de  quem não   me são  conhecidas a  não  ser as  aparências. 
Os que pouco me  devem e  aqueles a  quem  muito devo.
Meus amigos jovens e meus amigos velhinhos.Meus amigos
 homens feitos e as crianças, minhas amiguinhas.
  Meus amigos  humildes e meus amigos importantes.
Os nomes de todos os que
 já passaram pela minha 
 vida. Aqueles a quem eu
 conheçosem me conhecerem e 
aqueles que me conhecem sem eu os 
conhecer. Que me admiram e 
me estimam sem eu saber, que eu estimo 
e admiro sem lhes dar a entender.
Uma árvore de   raízes 
 muito profundas,para que os seus nomes
 nunca mais sejam arrancados do meu coração. 
De ramos  muito  extensos 
para que  novos nomes, vindos de  todas as  partes, 
 venham juntar-se aos existentes.  De sombra  muito 
  agradável para que nossa amizade seja um momento 
 de  repouso  nas lutas  da vida. 

Feliz Natal a todos!

                    (clique na imagem para visualizar melhor)

17 dezembro, 2010

Embrulhe seus presentes com beleza e graça...

                            (clique na foto para visualizar melhor)

Você pode fazer seus pacotes transformarem-se em belas embalagens, alegres e de bom gosto, que demonstrem o carinho que você tem com a pessoa presenteada. Assim o embrulho também vai ser um presente. Recorte papéis coloridos, use fitas, fitilhos, laços, rendinhas, rafia, papel craft, folhas texturadas, gravetos, flores e até folhas de plantas! Tudo é válido quando o resultado fica charmoso!

Use a imaginação e divirta-se!
Ainda dá tempo!

13 dezembro, 2010

Minha Árvore de Natal


Neste Natal, a minha árvore vai ser diferente.
Armei-a na sala do meu coração,
nada virtual, apenas uma opção,
entre o real e o imaginário dessa festa,
onde muita gente anda confundindo,
com mais um feriado prolongado de fim de ano.

Queria uma árvore simples,
que falasse de esperança,
que me lembrasse os tempos de criança,
onde eu fui feliz com tão pouco,
e o presente era tão simples como um abraço.

Na minha árvore coloquei bolinhas coloridas,
que representavam, cada uma delas, uma pessoa,
alguém que passou pela minha vida e deixou uma marca.

As primeiras, representavam meus pais,
uma bem colorida lembrava minha mãe,
com seu avental pendurado, as mãos ocupadas,
o carinho era tanto que fazia a lâmpada acender sozinha.

Uma maior, com menos brilho lembrava meu pai,
com seu jeito durão e louco para dar um abraço,
parecia um pisca pisca, de tanta emoção.

Algumas bolinhas eram puras lembranças...
Amigos da escola, a professora do prézinho,
a tia da cantina que me servia com amor,
amigos da rua com quem eu brincava,
formavam uma cascata de luzes,
que me remetiam ao passado...

Na minha caixa de Natal, peguei uma bolinha especial,
linda, colorida e translúcida, era o meu primeiro amor,
algumas lágrimas desceram sem eu perceber...
a emoção foi tão grande que parei no tempo.

Quantas recordações...
Mais bolinhas coloridas, gente amiga que tanto me ajudou.
quanta saudade, quanta gratidão...
Até que vieram as bolinhas descascadas, sem cor, sem brilho,
pessoas que eu magoei, que me magoaram,
frutos de desavenças e brigas tolas,
gente que eu não via há tanto tempo.
E foram essas bolinhas que eu quis colocar no alto da árvore,
para me lembrar que eu ainda precisava aprender a perdoar,
gente que eu preciso reencontrar e acender uma nova luz.

No alto da árvore, no centro do meu coração,
coloquei a bolinha mais iluminada,
que eu segurava como se fosse um relicário,
para declarar meu amor ao Mestre da Luz,
desejando feliz aniversário,
para Aquele que dá sentido a nossa jornada,
que ensinou a amar, trouxe de novo a paz,
iluminou a árvore da humanidade ferida,
para sempre, Jesus, caminho, verdade e vida!

Feliz Natal!


(recebi por email de uma amiga querida - Miriandg)

06 dezembro, 2010

Por que é Natal vamos falar de Família


Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema, principalmente no Natal e no Ano Novo. Pouco importa a qualidade da panela, fazer uma família exige coragem, devoção e paciência. Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir. Preferimos o desconforto do estômago vazio. Vêm a preguiça, a conhecida falta de imaginação sobre o que se vai comer e aquele fastio. Mas a vida, (azeitona verde no palito) sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite. O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares. Súbito, feito milagre, a família está servida. Fulana sai a mais inteligente de todas. Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade. Sicrano, quem diria? Solou, endureceu, murchou antes do tempo. Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante. Aquele o que surpreendeu e foi morar longe. Ela, a mais apaixonada. A outra, a mais consistente.

E você? É, você mesmo, que me lê os pensamentos e veio aqui me fazer companhia. Como saiu no álbum de retratos? O mais prático e objetivo? A mais sentimental? A mais prestativa? O que nunca quis nada com o trabalho? Seja quem for, não fique aí reclamando do gênero e do grau comparativo. Reúna essas tantas afinidades e antipatias que fazem parte da sua vida. Não há pressa. Eu espero. Já estão aí? Todas? Ótimo. Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados. Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola. Não se envergonhe de chorar. Família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza.

Primeiro cuidado: temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadeza, estas especiarias, que quase sempre vêm da África e do Oriente e nos parecem estranhas ao paladar tornam a família muito mais colorida, interessante e saborosa.
Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto, é um verdadeiro desastre. Família é prato extremamente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido. Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora que se decide meter a colher. Saber meter a colher é verdadeira arte. Uma grande amiga minha desandou a receita de toda a família, só porque meteu a colher na hora errada.

O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. Bobagem. Tudo ilusão. Não existe Família à Oswaldo Aranha; Família à Rossini, Família à Belle Meuni; Família ao Molho Pardo, em que o sangue é fundamental para o preparo da iguaria. Família é afinidade, é a Moda da Casa. E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.
Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras apimentadíssimas. Há também as que não têm gosto de nada, seriam assim um tipo de Família Dieta, que você suporta só para manter a linha. Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.

Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia. A gente cata um registro ali, de alguém que sabe e conta, e outro aqui, que ficou no pedaço de papel. Muita coisa se perde na lembrança. Principalmente na cabeça de um velho já meio caduco como eu. O que este veterano cozinheiro pode dizer é que, por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer. Se puder saborear, saboreie . Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro. Aproveite ao máximo. Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se repete.


(Família é prato difícil de preparar - de "O Arroz de Palma", de Francisco Azevedo)

05 dezembro, 2010

Começou o Natal Carioca

 

Desde 1996 a árvore da Lagoa Rodrigo de Freitas marca o início da contagem para o Natal no Rio de Janeiro. Ela é a maior do mundo entre as flutuantes, além de ser o principal evento carioca durante as festas de dezembro.

A árvore foi inaugurada ontem, dia 04 de dezembro, chegando à sua 15ª edição consecutiva, com diversas atrações comemorativas e tendo como tema “Uma História de Reencontros”, relembrando momentos importantes de temas já explorados, como velas e trigos, sinos e rendas. O principal diferencial são as grandes estrelas brancas que parecem se projetar, seu peso total é de  542 toneladas, sua  estrutura possui 3,3 milhões microlâmpadas, mais 4 canhões de luz chamados Syncrolites, que iluminam o céu com alcance de 4 km.

Esse ano também volta a ter o carrilhão eletrônico que reproduz canções natalinas gravadas na Itália e sinos tocados manualmente por sineiros profissionais.

Cumprindo a tradição que manda desmontar as árvores no Dia de Reis, ela ficará na Lagoa até o dia 6 de Janeiro.

02 dezembro, 2010

O Natal está chegando!


Depois da árvore, que normalmente é o item mais chamativo, a mesa da ceia é o cenário de maior destaque na noite de Natal. Sem luzes piscando, mas com muitas cores e cheia de enfeites, ela é, para muitos, um dos locais mais importantes na noite em que a família se reúne para celebrar a festa cristã.

Verde, vermelho, branco e dourado são cores que remetem ao espírito natalino e dificilmente ficam fora na hora de decorar a casa para esperar a chegada de Papai Noel.

No Natal, as mesas com a união dessas cores típicas das festas, nas louças e enfeites natalinos dão um toque especial e a criatividade é fundamental nessa hora. Fica muito bonito essa união de cores, mas tome cuidado para não exagerar, se você preferir uma decoração monocromática (só vermelho ou só dourado, etc) também é um boa escolha. É bonito uma mesa cheia e colorida, que transmite alegria.

Também é interessante usar velas e o tradicional centro de mesa deve ser complementado com decorações de diferentes tamanhos estrategicamente espalhados, tudo num conjunto harmônico e suave.

01 dezembro, 2010

É dezembro e com ele mais uma ano que termina...


Dezembro chegou e com ele as confraternizações, muitas festas e presentes. Um mês para agradecer, repensar o ano que se finda e fazer novos planos.
Que sejam dias felizes para todos.

25 novembro, 2010

Pipocas da Vida

Milho de pipoca que não passa pelo fogo continua a ser milho para sempre. Assim acontece com a gente.

As grandes transformações acontecem quando passamos pelo fogo. Quem não passa pelo fogo, fica do mesmo jeito a vida inteira. São pessoas de uma mesmice e uma dureza assombrosa. Só que elas não percebem e acham que seu jeito de ser é o melhor jeito de ser. Mas, de repente, vem o fogo.

O fogo é quando a vida nos lança numa situação que nunca imaginamos: a dor. Pode ser fogo de fora: perder um amor, perder um filho, o pai, a mãe, perder o emprego ou ficar pobre. Pode ser fogo de dentro: pânico, medo, ansiedade, depressão ou sofrimento, cujas causas ignoramos.

Há sempre o recurso do remédio: apagar o fogo! 

Sem fogo o sofrimento diminui.Com isso, a possibilidade da grande transformação também.Imagino que a pobre pipoca, fechada dentro da panela, lá dentro cada vez mais quente, pensa que sua hora chegou: vai morrer. Dentro de sua casca dura, fechada em si mesma, ela não pode imaginar um destino diferente para si. Não pode imaginar a transformação que está sendo preparada para ela. A pipoca não imagina aquilo de que ela é capaz. Aí, sem aviso prévio, pelo poder do fogo a grande transformação acontece: BUM! E ela aparece como outra coisa completamente diferente, algo que ela mesma nunca havia sonhado.

Bom, mas ainda temos o piruá, que é o milho de pipoca que se recusa a estourar. São como aquelas pessoas que, por mais que o fogo esquente, se recusam a mudar.Elas acham que não pode existir coisa mais maravilhosa do que o jeito delas serem. A presunção e o medo são a dura casca do milho que não estoura.No entanto, o destino delas é triste, já que ficarão duras a vida inteira. Não vão se transformar na flor branca, macia e nutritiva. Não vão dar alegria para ninguém.

(Rubem Alves)

11 novembro, 2010



"Quando eu tiver setenta anos,
então vai acabar esta minha adolescência,
vou largar da vida louca
e terminar minha livre docência,
vou fazer o que meu pai quer:
começar a vida com passo perfeito.
Vou fazer o que minha mãe deseja:
aproveitar as oportunidades
de virar um pilar da sociedade
e terminar meu curso de direito.
Então, ver tudo em sã consciência,
quando acabar esta adolescência."


(Paulo Leminski)

07 novembro, 2010

30 outubro, 2010

Hoje é Noite do Halloween


 
Halloween significa "All hallow's eve", palavra que provém do inglês antigo, e que significa "véspera de todos os santos", já que se refere de noite de 31 de outubro, véspera da Festa de Todos os Santos. 

O Halloween (ou Dia das Bruxas) é uma tradição nos Estados Unidos e é festejado em todo 31 de outubro, tendo como principal símbolo uma abóbora com careta humana, iluminada por uma lanterna (Jack O Lantern). 

A tradição de Halloween é antiga com origem nos povos celtas que no século sete A.C. ocuparam os territórios do atual Reino Unido (Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte). Os celtas consideravam o dia 31 de outubro como o último dia do ano. Neste dia costumavam vestir-se como demônios e fantasmas, porque achavam que assim conseguiriam confundir e espantar as criaturas sobrenaturais. 

Hoje em dia, nos Estados Unidos, o Halloween é uma grande comemoração. As crianças e os adolescentes americanos vestem-se com diferentes fantasias, de preferência bem assustadoras e vão de casa em casa batendo às portas e dizendo "Trick or Treat”. Usando esta expressão elas querem dizer que se não ganharem algumas guloseimas farão travessuras.

No Brasil a comemoração desta data é recente. Chegou ao nosso país através da grande influência da cultura americana, principalmente vinda pela televisão. Os cursos de língua inglesa também colaboram para a propagação da festa em território nacional, pois valorização e comemoram esta data com seus alunos: uma forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana. 

Muitos brasileiros defendem que a data nada tem a ver com nossa cultura e, portanto, deveria ser deixada de lado. Argumentam que o Brasil tem um rico folclore que deveria ser mais valorizado.

29 outubro, 2010

Canção das mulheres


'Que o outro saiba quando estou com medo, e me tome nos braços sem fazer perguntas demais.
Que o outro note quando preciso de silêncio e não vá embora batendo a porta, mas entenda que não o amarei menos porque estou quieta.
Que o outro aceite que me preocupo com ele e não se irrite com minha solicitude, e se ela for excessiva saiba me dizer isso com delicadeza ou bom humor.
Que o outro perceba minha fragilidade e não ria de mim, nem se aproveite disso.
Que se eu faço uma bobagem o outro goste um pouco mais de mim, porque também preciso poder fazer tolices tantas vezes.
Que se estou apenas cansada o outro não pense logo que estou nervosa, ou doente, ou agressiva, nem diga que reclamo demais.
Que o outro sinta quanto me dói a idéia da perda, e ouse ficar comigo um pouco – em lugar de voltar logo à sua vida, não porque lá está a sua verdade mas talvez seu medo ou sua culpa.
Que se começo a chorar sem motivo depois de um dia daqueles, o outro não desconfie logo que é culpa dele, ou que não o amo mais.
Que se estou numa fase ruim o outro seja meu cúmplice, mas sem fazer alarde nem dizendo: 'Olha que estou tendo muita paciência com você!'
Que se me entusiasmo por alguma coisa o outro não a diminua, nem me chame de ingênua, nem queira fechar essa porta necessária que se abre para mim, por mais tola que lhe pareça.
Que quando sem querer eu digo uma coisa bem inadequada diante de mais pessoas, o outro não me exponha nem me ridicularize.
Que quando levanto de madrugada e ando pela casa, o outro não venha logo atrás de mim reclamando: 'Mas que chateação essa sua mania, volta pra cama!'
Que se eu peço um segundo drinque no restaurante o outro não comente logo: 'Pôxa, mais um?'
Que se eu eventualmente perco a paciência, perco a graça e perco a compostura, o outro ainda assim me ache linda e me admire.
Que o outro – filho, amigo, amante, marido – não me considere sempre disponível, sempre necessariamente compreensiva, mas me aceite quando não estou podendo ser nada disso.
Que, finalmente, o outro entenda que mesmo se às vezes me esforço, não sou, nem devo ser, a mulher-maravilha, mas apenas uma pessoa: vulnerável e forte, incapaz e gloriosa, assustada e audaciosa - uma mulher.' 

 

(Crônica extraída do livro 'Pensar é transgredir' - Lya Luft)

26 outubro, 2010

Tropa De Elite 2


  
Eu estava planejando assistir Topa de Elite 2 na semana da estréia, mas foi totalmente impossível, pois as filas estavam enormes e os ingressos esgotados no mínimo para os 5 primeiros dias. Ontem finalmente consegui! Cinema cheio, com as salas lotadas, não me dei por vencida. Comprei meu saco de pipocas (para mim sem ele o filme não rola) e lá fui eu procurando um lugarzinho para me acomodar com minhas amigas.
Gostei do filme. É ousado, corajoso e coloca o dedo na ferida de nosso país quando retrata o lado podre do sistema, além disso tem o mesmo nível do primeiro, talvez melhor. É verdadeiramente um convite a rediscutir a nossa atual sociedade.


Ficha técnica:
direção: José Padilha
música:Pedro Bromfman
fotografia:Lula Carvalho
figurino:Cláudia Kopke
edição:Daniel Rezende
atores: Wagner Moura, André Ramiro, Maria Ribeiro, Milhem Cortaz, Pedro Van Held
duração: 116 minutos
gênero: Ação

23 outubro, 2010

Coleção de Fernando Pessoa à disposição na Internet


 
Toda a biblioteca particular de Fernando Pessoa,1.142 volumes até agora à disposição apenas do público que fosse à Casa Fernando Pessoa, em Lisboa, foi digitalizada e pode ser conhecida por quem visitar o site casafernandopessoa.cm-lisboa.pt

Pela internet, é posível consultar, página a página, anotações e até poemas que Pessoa fazia nas páginas de seus livros. 

Vale a pena conferir!

21 outubro, 2010

Os benefícios da Linhaça




De origem asiática, a semente de linhaça pertence à família Linácea. Existem dois tipos: a linhaça dourada e a marrom. A semente escura (linhaça marrom), nativa da região mediterrânea, já está adaptada ao solo brasileiro, onde se deu bem por causa do clima quente. Comparada com a dourada, a casca é um pouco mais resistente. Quanto aos nutrientes, não perde nada para a outra variedade.

A semente de linhaça é fonte de ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, minerais, vitaminas e fibras, além de um composto chamado lignana. Justamente por ter estas propriedades torna-se um alimento funcional, saudável e indicado para incluir na alimentação.

Na Universidade de Toronto, no Canadá, por exemplo, a cientista Lilian Thompson comprovou que a semente é capaz de barrar a metástase em pacientes com câncer de mama ou seja, a linhaça evitou que o tumor se espalhasse e tomasse conta do organismo. Segundo a pesquisadora canadense, "trabalhos realizados em várias universidades mostram que a semente é capaz de diminuir o risco de outros tumores, como o de cólon e o de próstata". Somem-se essas boas notícias ao fato de a linhaça ajudar a controlar os níveis de colesterol. 

Se você quer perder peso com saúde acrescente a linhaça nos sucos, iogurtes e leite. Para aproveitar integralmente os seus nutrientes o ideal é triturá-la. Evite guardá-la triturada por muito tempo pois ela pode perder os seus nutrientes.
A semente da linhaça pode ser consumida com pães e em saladas, fica uma delícia!

Não adianta consumir linhaça de forma exagerada, o excesso pode prejudicar a membrana das células e interferir na absorção dos nutrientes. O ideal é consumir duas colheres de sopa de farinha de linhaça ou 2 copinhos de café de linhaça por dia.