30 outubro, 2008

Visão




Te vejo
deitado como um gato
alongado no telhado
enrolado no novelo.

Te vejo
deitado como um gato
calado, quieto, olhar felino
olhar perverso
apenas na espreita.


(Regina Fernandes)

3 comentários:

Anônimo disse...

Que gato esse! Achei ótimo!
Bjs
Teresa

Anônimo disse...

Hum... pelo jeito ele nem precisa falar...
beijos
Karla

Solange Mazzeto disse...

e gato mimado, rss
bjo Regina