04 outubro, 2008

Memórias




















Memórias de um tempo perdido
tempo partido, partilhado
tempo passado.
Memórias em preto e branco,
lembranças, miragens
que vão rasgando o mar e o vento.
Tempo que parte e se reparte
no coração, no pensamento...


(Regina Fernandes)

3 comentários:

Anônimo disse...

Lindo Régis!
Bjs
Teresa

Márcia(clarinha) disse...

Tão lindo ver seus escritos, poesia pura vinda do coração.
Tempo que vão, tempos que voltam...

lindo dia flor
beijos

Solange Mazzeto disse...

Tempo, tempo e tempo, ´que será o tempo? a não ser uma rusga de veneno em dias infelizes e uma dobra de vento em dias que nascem e morrem bem?

bjão