15 março, 2009

Madrugadas





















Vivo na madrugada
todas as insônias
onde me refaço
me abrando
olhando os astros
namorando estrelas
inventando sonatas de amor e beijos
esperando o amanhecer
de dias ensolarados
coloridos de paixão

Regina Fernandes


4 comentários:

Victor Gil disse...

Oi amiga.
Simples e belo. Palavras sensíveis como a pessoa que deves ser.
Um beijo.

Paulo disse...

Beijo morena.

Teresa disse...

Também vejo as estrelas na noite e espero pelo dia amanhecer.
bj amiga

Flavia disse...

as poesias vão brotando que nem um jardim espoca botões de flores coloridas em plena primavera...

lindo, lindo, lindo!!!

love U