07 agosto, 2007

O Churrasco


Ontem ouvi numa fila de Banco um homem dizer que a arte de fazer churrasco está na vontade de quem o faz, pois todo prato deve ser preparado com carinho e ele se dizia um grande conhecedor dessa arte. Fiquei pensando que realmente o churrasco é um programa que se tornou uma das principais diversões dos brasileiros nos finais de semana e feriados e atinge todas as classes sociais. Para ser realizado precisa basicamente de um local gostoso onde se possa ter uma churrasqueira, algumas cadeiras, uma mesa com os pratos tradicionais, amigos e uma cerveja bem gelada. A música é opcional, mas sempre bem vinda. Porém, também pensei com meus botões que o churrasco é um programa tipicamente masculino. Um programa de índio, quer dizer, de homens. São eles que sempre tem a idéia, que chamam os amigos e fazem do dia um acontecimento. Se vocês estão pensando que eu não gosto de churrasco estão errados. Eu gosto sim, mas vamos analisar esse evento mais detalhadamente. A mulher do “churrasqueiro” é que vai ao mercado comprar os ingredientes, a cerveja, manda preparar a salada, o vinagrete, a farofa, o arroz, não pode se esquecer do pão, a sobremesa. Verifica os arranjos da casa, os copos que não podem faltar, talheres, guardanapos, e depois de morta de cansada finalmente se prepara para esperar os amigos, mas antes, ela ainda dá uma ultima checada para ver se está tudo em ordem. Quando a turma chega, a mulher ajuda colocar os pratos na mesa, a servir e ainda vai umas cinqüenta vezes verificar a cerveja, isso sem deixar de dar atenção a todos e colocar a conversa em dia com as amigas. Enquanto isso, o marido churrasqueiro está feliz da vida, sentado com os amigos, bebendo uma bem gelada e colocando as carnes para assar. No final da noite, depois de supervisionar toda a limpeza e arrumação da casa a mulher se deita e ouve o marido dizer orgulhoso: churrasco como o eu ninguém faz!!!
É, realmente o homem do Banco tinha razão: fazer churrasco é uma arte, não é mesmo??

Regina Fernandes

3 comentários:

Lia disse...

Rege minha filha,
É a pura verdade,kkkkkkkkkkkkkk.
E quando somos amigas da mulher do "churrasqueiros tão orgulhosos dessa arte",às vezes sobra pra gente dar aquela ajudinha básica a nossa anfitriã na hora de recolher pratos e muitas vezes até lavar louça.
Mas eu também adoro churrascos.... de preferência na casa dos outros,kkkkkkkkkk

Baú da Silzinha disse...

kkkkkkkkkkkkkk
Regina do céu, tadinha da dona de casa. Inda bem que não sei o que é isto.
Churrasco? Ótimo, na casa de quem?
To fora dessas lides domésticas.
Mas que acontece isso mesmo, é a mais pura verdade.
Ah, esses meninos sempre tão poupados né não?
Beijo grande e adorei o texto.

Regina Fernandes disse...

Oi meninas, Lia e Sil, é isso aí! Churrasco é muito bom na casa dos amigos....
Bjocas e obrigada pela presença sempre amiga.